GIFME

Grupo de Interesse em Fisioterapia Músculo-Esquelética

FisioLine

#fisioline

Apoio telefónico gratuito para as suas Questões Urgentes de Fisioterapia
(Dor intensa ou Trauma recente)

 

Consulte toda a Rede FisioLine AQUI

(existe pelo menos 1 Fisioterapeuta na região assinalada por cada ponto)

ALGORITMO para triagem, encaminhamento e intervenção de Fisioterapia à distância.

ALVO: pessoas com episódio recente de dor / trauma músculo-esquelético

OBJETIVO: evitar recursos desnecessário aos cuidados de saúde primários e hospitalares

 

ENQUADRAMENTO: 

  • Apesar da atual crise de saúde pública que vivemos (COVID-19), outros problemas de saúde comuns continuarão a afetar parte da população.

  • As condições e dor de origem músculo-esquelética são extremamente comuns e tendem a ser incapacitantes numa percentagem relevante dos casos. 

  • Numa ótica de prevenção de futuras complicações, manutenção das capacidades da população que se mantém ativa, e de forma a reduzir as visitas evitáveis aos Cuidados de Saúde Primários e hospitalares nesta fase, a APFisio / GIFME desenvolveu um Algoritmo de apoio aos Fisioterapeutas que visa a triagem, avaliação e intervenção no atual contexto de crise de saúde pública.

  • Este Algoritmo destina-se a novos eventos de saúde do foro músculo-esquelético (tais como episódios de dor aguda e incapacitante ou trauma minor) e na forma como o Fisioterapeuta pode ajudar a minimizar o seu impacto. Este Algoritmo não foi idealizado para as restantes situações não urgentes ou para casos que já tinham acompanhamento anterior de Fisioterapia, aos quais se aplicam outro tipo de recomendações a divulgar oportunamente pela APFisio / GIFME.

  • A avaliação, acompanhamento e intervenção à distância, utilizando tecnologias de comunicação, são privilegiados. O acompanhamento presencial deve ser utilizado de forma excecional e seguindo todas as normas de higiene e segurança preconizadas pela DGS.

  • Fisioterapeutas disponíveis para adotar este tipo de abordagem devem divulgar esta iniciativa, e sua disponibilidade, através dos meios de comunicação associados aos seus locais de trabalho.

  • Recomenda-se que tal iniciativa e acompanhamento não tenha custos sempre que o contato seja mantido à distância.

IMPLEMENTAÇÃO:

Se decidir fazer parte da FisioLine, o Fisioterapeuta deve:

  • Preencher a imagem do documento "REDE SOCIAL (Versão PPT)" (abaixo) e publicá-la nas suas redes sociais, identificando a APFISIO, o GIFME, e o hashtag “#fisioline”. Para tal siga as instruções abaixo. 

    • ​IMAGEM: preencher o PowerPoint devidamente (nome, localidade, clínica, telefone – alterando a cor da letra para PRETO). Exportar a imagem (“Ficheiro > Exportar > Formato de Ficheiro > JPEG > Largura 2249 x Altura 2249”).

    • APFISIO: FB/@AssociacaoPortuguesaDeFisioterapeutas; IG/@apfisio

    • GIFME: FB/@GITerapiaManual; IG/@gifme_apfisio

  • ​Preencher o questionário presente AQUI.

  • Registar as chamadas recebidas segundo o EXCEL disponibilizado abaixo.

QUESTÕES FREQUENTES:

  • QUALQUER FISIOTERAPEUTA PODE FAZER PARTE DA FISIOLINE?

    • Sim!​ Qualquer Fisioterapeuta pode integrar a FisioLine. Para isso basta seguir as indicações presentes na publicação de Facebook e Site GIFME, que incluem a publicação, nas redes sociais do Fisioterapeuta e/ou clínica, de uma “imagem identificativa FisioLine”, com aspeto pré-definido. Estes passos devem ser feitos pelo Fisioterapeuta! Pode pedir ajuda ao GIFME, se necessário.

  • NÃO ME SINTO À VONTADE PARA DISPONIBILIZAR O MEU Nº DE TELEMÓVEL? EXISTE ALTERNATIVA?

    • Sim! Existem dois tipos de publicação disponíveis. Um que inclui o nº de telemóvel, outro com a expressão “Envie Mensagem Privada”. Dessa forma, só partilha o número com quem entra em contacto.

  • A FISIOLINE OFERECE SESSÕES DE FISIOTERAPIA TELEFÓNICAS GRATUITAS ?

    • Não! A FisioLine é uma ferramenta gratuita para triagem, encaminhamento e intervenção (educação básica) à distância, para episódios de dor intensa ou trauma recente. Pretende evitar o recurso desnecessário aos cuidados de saúde primários e hospitalares. Se o utente necessita de acompanhamento [online] em Fisioterapia, este deve ser disponibilizado pelo Fisioterapeuta de acordo com o seu modelo de negócio individual.

  • NÃO ME SINTO À VONTADE PARA TRIAR CASOS POTENCIALMENTE GRAVES. COMO PROCEDER?

    • O Fisioterapeuta, como profissional de primeiro contacto, tem no seu perfil de competências a capacidade de avaliar e reconhecer red-flags, de forma a encaminhar adequadamente casos que possam surgir na sua prática clínica. Se não se sente confiante nesta vertente, não há problema, não precisa de aderir à FisioLine. Existem muitas outras formas de ajudar a sua comunidade, como a criação e partilha de conteúdos, acompanhamento dos seus casos já existentes, entre outros.

  • CONCLUÍ QUE O UTENTE NECESSITA DE AVALIAÇÃO PRESENCIAL. COMO PROCEDER?

    • Primeiro que tudo, SIGA O ALGORITMO. Atualmente não são recomendadas sessões presenciais, pelo que se é uma situação verdadeiramente urgente deve encaminhar para o 112 / SNS24 (808 24 24 24) / Centro de Saúde / Hospital da área de residência, conforme a sua avaliação telefónica o dite. SIGA O ALGORITMO.

Aceda a tudo o que precisa abaixo:

FisioLine

Versão PDF

REDE SOCIAL

Versão PPT

REGISTO

Versão XLS

ALGORITMO

Versão PDF

QUESTIONÁRIO

GoogleForms

AQUI

ALGORITMO

Versão JPG

FisioLine_Algoritmo.jpeg

© 2021 por GIFME

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now